• Equipe Beleza Saúde

Hormônio Ocitocina equilibra as funções neurais e traz bem estar a homens e mulheres

Avanço da idade, depressão e isolamento social diminuem produção do hormônio


Avanço da idade, depressão e isolamento social diminuem produção do hormônio


Responsável por coordenar as interações neurônicas e hormonais secretadas pela glândula pituitária localizada na base do cérebro, a hipófise-posterior, conhecida também por Hipotálamo, tem o objetivo de produzir o hormônio Ocitocina, fundamental para o desenvolvimento social e corporal do ser humano.


Esse hormônio age como um neuromodulador (processo que influencia a rapidez e eficiência da sinapse neural) com diversas finalidades, comedindo a ansiedade, a libido, as interações sociais, além de regular os estímulos neuroendócrinos (controle do peso) e cardiovasculares.


Sua importância incide diretamente em todo o organismo, equilibrando e melhorando o fluxo sanguíneo com a redução da pressão arterial, na cicatrização de feridas, na produção de hormônios anabólicos que correspondem ao crescimento e a testosterona, e na produção e redução do hormônio cortisol.


Quando o corpo apresenta sinais de redução da produção do hormônio os sintomas surgem tanto física quanto mentalmente. Palidez, olhos secos, "olhar distante", baixa reação às expressões emocionais, diminuição da libido e do orgasmo, da função cognitiva, aumento do estresse, do peso e sensibilidade a dor são os principais indícios do déficit de produção de ocitocina.


Em mulheres a ocitocina é um importante aliado por colaborar na redução do estresse e do medo, no equilíbrio endócrino e do sono, na redução de sinais de fibromialgia, lubrificação vaginal, produção de leite materno e no funcionamento da musculatura uterina na hora do parto.


Em homens há o aumento na produção e liberação de espermatozóides, na sensibilidade do pênis durante relações sexuais, no fluxo sanguíneo durante as ereções e aumento de testosterona.


Interação social, prática de atividades físicas e exercícios que estimulem o cérebro (leitura, estudo, etc.) são os responsáveis pela produção e liberação de ocitocina no corpo humano. Já o avanço da idade, a depressão, o isolamento social, a solidão e o estresse colaboram para que os níveis de ocitocina diminuem consideravelmente, impossibilitando sua reposição natural.


Felizmente, há medicamentos de reposição para diferentes tipos de tratamento hormonal. No caso da ocitocina, a Beleza Saúde disponibiliza em sua loja a Ocitocina 20ui em frasco com 60, 90, 120 ou 150 cápsulas, de acordo com o tempo de duração do tratamento de cada paciente.



59 visualizações
  • Ícone do Instagram Cinza
  • Ícone do Facebook Cinza

© 2019 por Beleza Saúde. Orgulhosamente criado com Wix.com